Buscar
  • Dr. Guilherme W. Ribeiro

Tudo sobre abdominoplastia

Atualizado: 6 de Mar de 2019

O que é abdominoplastia?


A abdominoplastia é a cirurgia para correção das deformidades da região abdominal que normalmente ocorrem após uma grande perda de peso ou a gestação.


Como é feita a abdominoplastia?


A cirurgia consiste 3 componentes:


1- Excesso de pele


Nossa pele estica até um limite e como um balão, após enchido muito uma vez, não retorna exatamente ao tamanho original após desinflado. Por isso vemos mulheres ainda muito jovens com flacidez e estrias na pele na região abdominal após uma gestação. Uma grande parte desse excesso de pele deve ser retirado durante o procedimento através de um corte que fica escondido abaixo da roupa íntima;


2- Musculatura


Existem 2 componentes que podem estar presentes: uma flacidez generalizada a musculatura, seja por falta de exercício ou por excesso de gordura dentro do abdome, e o afastamento na região central do abdome, que é chamada de “diástase”, que pode ocorrer espontaneamente ou após uma gestação. A correção ocorre através da aproximação dessa musculatura com pontos.


3- Excesso de gordura


A gordura pode estar na região logo abaixo da pele ou na região interna do abdome. A abdominoplastia retira grande parte da gordura que está localizada na região abaixo do umbigo. Acima dele e nos flancos pode ser realizada uma lipoaspiração seletiva, modelando a região. Essa lipoaspiração na região do retalho que sobra do abdome não pode ser tão intensa como quando se faz apenas lipoaspiração no abdome para diminuir o risco de complicações.


Quais são os tipos de abdominoplastia?





1- Mini abdominoplastia ou fuso abdominal


É a retirada de uma faixa de pele da região acima do pube. Está indicado quando existe pouca flacidez de pele, mas muita flacidez para realizar apenas lipoaspiração da região. A lipoaspiração da região abdominal é completa. Não é alterado o umbigo externamente e de modo geral não é realizada a costura dos músculos do abdome;


2- Abdominoplastia convencional


A cirurgia completa que trata o excesso de pele, gordura e a musculatura, detalhados no início do texto;


3- Abdominoplastia estendida


A extensão da cicatriz aumenta até a região lateral do abdome. A quantidade de pele retirada é maior e o procedimento indicado quando existe um excesso de volume na região dos flancos;



4- Abdominoplastia circunferencial


A cicatriz faz a volta completa no paciente e é indicada principalmente nos casos de perdas grandes de peso com excesso de pele no sentido vertical;


5- Abdominoplastia em âncora/vertical


A cicatriz acima do pube é como na abdominoplastia convencional mas existe uma cicatriz vertical completa, que retira o excesso de pele no sentido horizontal do paciente.


Itens importantes:


1- O tempo de internação para o procedimento é de 24 horas;

2- Alguns pacientes precisarão usar drenos;

3- Deve ficar com o abdome levemente dobrado por 10-15 dias;

4- A recuperação ocorre em cerca de 20 dias;

5- É necessário realizar drenagem linfática para diminuir o inchaço e melhorar o resultado;


Agende sua avaliação


Dr. Guilherme Werle Ribeiro

CRM-PR 27181 RQE 23896

Cirurgião Plástico

Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

336 visualizações

Rua Padre Anchieta 1958, sala 21 - Bigorrilho - Curitiba - Paraná - Brasil

            Telefone: 41 33084982 - Cel/Whatssapp: 41 999542191

Email: contato@guilhermewr.com.br

site desenvolvido por Dr. Guilherme Werle Ribeiro